terça-feira, 29 de setembro de 2009

Revelações

Hoje foi uma manhã dura - os barulhos à minha volta incomodavam. Desde o barulho dos carros no asfalto, passando por uma folha amassada, puxar o autoclismo, falar ao telemóvel tendo que tirar o aparelho para perceber melhor etc etc. Ufa!
Acabei a manhã com uma neura!
De tarde o panorama melhorou, sobretudo a meio da tarde. Conseguia falar ao telemóvel, o barulho dos carros já não incomodava tanto.
Acabei por ir à audiologista a pedido dela, pois ela queria falar comigo.
Ela notou na véspera que eu não estava no meu normal. Parecia uma pessoa cansada e séria. Ela queria falar comigo e até perguntou-me se já tinha ido de férias. O facto de estar muito sensível pode causar maior irritação e ansiedade.
Acredito, pois o meu cérebro está a receber demasiada informação causando um desgaste maior. É o preço da reabilitação.
Começo realmente a perceber que era mesmo "surdo" eheheh.
Tenho mesmo que aguentar esta fase.
Vou aguentar, porque sei que no final vou estar muito melhor.
É como uma rua em obras - é uma merda quando elas estão em obras, mas depois de estarem prontas, é uma maravilha!
E foi mais um dia a caminho da reabilitação e do SUCESSO.
Até amanhã
Winner

segunda-feira, 28 de setembro de 2009

Outro dia duro

Quando ando na rua, os barulhos que os carros fazem, entram pelo ouvido adentro e enchem a cabeça. Nem ouço mais nada. O barulho dos carros sobrepõe-se a tudo - telemovel, MP3 and so on... Começo a ficar fartinho!
Fui hoje à audilogista, tendo que fazer mais um acerto - a questão do barulho dos automóveis.
Aparentemente estará resolvido, mas estará mesmo?
É que vim agora de uma caminhada e constatei que o barulho dos carros continuam a sobrepor-se ao MP3 que ouço quando ando a pé. É desagradável.
Aprendi hoje que não posso manter o telemovel com o mesmo volume que tinha quando não tinha os aparelhos. Isto pode explicar ecos que ouço de vez em quando, quando falo ao telemovel ou telefone de casa.
Amanhã haverá uma prova de fogo quanto aos aparelhos: vou estar na rua e vou tirar a prova dos nove em relação ao barulho dos carros. Se continuar na mesma, terei que ir de novo à audiologista.
Estes momentos fazem parte da reabilitação, pois o meu cérebro estar a juntar muita informação nova e por vezes essa situação causa transtorno, cansaço e irritabilidade. Andei vários anos só com um aparelho - no lado direito - e alguns meses sem nenhum. Agora tenho dois. Estava à espera de quê? Que ia ser um passeio no parque??
É o custo da reabilitação que tenho que suportar.
Acredito que no fim tudo vai ficar bem.
E foi mais um dia a caminho da reabilitação e do SUCESSO.
Até amanhã.
Winner

sexta-feira, 25 de setembro de 2009

Um problema para resolver

Pois é!
Não está fácil!
Hoje para falar ao telemóvel na rua, tive que tirar o aparelho para ouvir melhor.
Terei que resolver este problema.
Quando for à audiologista, a não ser que ela esteja a ler o meu blog e me convoque de imediato, terei que lhe dizer que, quando estou na rua, o barulho dos carros suplanta as conversas e tenho dificuldade em falar ao telemóvel. Ouço eco.
Quando não há barulho, consigo perceber na maioria dos casos, mas tenho muito que "pedalar". Não notei melhorias significativas nesta área.
Mas será resolvido!
Hoje dei o primeiro passo no meu novo projecto - compra de casa para alugar! Não perca as cenas do próximo capítulo!
E foi mais um dia a caminho da reabilitação e do SUCESSO
Até amanhã
Winner

quinta-feira, 24 de setembro de 2009

Novas experiências

Ontem e hoje vivi duas novas experiências!
Ontem, estive numa acção de formação à noite, daí não ter "blogado". A sala tinha eco e isso causou algum desconforto na medida em que me tinha que esforçar para perceber o que as pessoas diziam. Percebi melhor o formador. Apercebi-me que, quem estava ao meu lado e na altura em que as pessoas falavam, sobretudo no lado oposto onde eu estava, o meu colega do lado ria-se quando diziam algo com graça, mas nunca consegui perceber o que se dizia. Aí foi um pouco desanimador, mas acredito que será normal, pois o cérebro ainda está a receber muita informação. Tenho andado com "cãibras" cerebrais e o motivo só pode ser esse.
A outra experiência foi um cafezinho com música brasileira de fundo numa esplanada à beira-rio na marina do Freixo. Encontrei-me com um casal amigo e conseguia perceber quase tudo o que se dizia, mesmo com a música e o barulho das pessoas. Excelente serão! Promissor! Penso que fui uma excelente companhia.
E foram dois dias no caminho da reabilitação e do SUCESSO
Até amanhã
Winner

terça-feira, 22 de setembro de 2009

Muito que andar...

Olá!
Afinal não haverá a 2ª Grande Guerra das Telecomunicações. Aparentemente o problema está resolvido. Apesar de ter alguma dificuldade em perceber as conversas ao telemovel num ambiente barulhento - carros nas ruas, buzinas, ... - acredito que vou ultrapassá-las em breve.
Vou dar tempo ao tempo.
Mas ontem à noite ouvi um barulho na minha impressora a Laser que nunca tinha ouvido - PIP - quando imprime. Engraçado ...
Ainda vou dar uma volta a pé e vou ouvir música no meu MP3. A minha audiologista já me aconselhou a pedir a um amigo para ir passear comigo para os meus ouvidos se habituarem a outros sons e à conversa sem ter que olhar para o meu amigo. Ou amiga!
Alguém tem pedalada para me acompanhar?
E foi mais um dia a caminho da reabilitação e do SUCESSO.
Até amanhã
Winner

segunda-feira, 21 de setembro de 2009

2ª Fase de reabilitação

Olá!

Hoje começou ao fim do dia a 2ª fase de reabilitação. Em que se traduz ?
Significa que os aparelhos são reajustados de modo a que comece a reter mais os sons e as conversas que tenho com as pessoas.
Nos últimos 3 dias, tenho notado dificuldade em ouvir o rádio no meu carro. Tinha que por mais alto. Então com o vidro aberto, nem percebo o que o(a) locutor(a) diz. Deverá ser normal nesta fase.
O que já não é normal é a interferência com o telemóvel. Ao sair da minha audiologista, liguei para um amigo e senti o aparelho a apitar, guinchar e só faltou uivar :)
Parece que vai começar a 2ª Grande Guerra das Telecomunicações. A exemplo dos alemães nas grandes guerras, o telemovel será vencido!
O mais engraçado é que quando utilizei o meu telefone fixo, o aparelho não fazia barulho, desde que não encostasse ao ouvido.
Amanhã tiro a prova dos nove em relação ao telemóvel. Espero que não ter que ir à audiologista outra vez antes do dia 13 de Outubro. Será bom sinal!

E mais um dia passou a caminho da reabilitação e do SUCESSO.
Até amanhã
Winner

domingo, 20 de setembro de 2009

Vivendo com os aparelhos

Neste fim-de-semana apercebi-me na prática que pelo facto de ter dois aparelhos, não significa que perceba quase tudo. Ao conversar com a minha Mãe e meu Pai, havia uma ou outra palavra que percebia mail e interpretava de forma diferente.
O que prova que há mesmo um longo caminho a percorrer.
Engraçado é o facto de a minha audiologista ter-me dito que seria normal eu sentir o meu ouvido esquerdo "meio tapado". Significa que o som está equilibrado. O meu cérebro é que está a começar a receber muitas informações novas e vão haver dias em que me vai doer a cabeça, como aconteceu há dias.
E foi mais um dia a caminho da reabilitação e do SUCESSO.
Até amanhã
Winner

sexta-feira, 18 de setembro de 2009

O meu novo projecto

Olá!
Após uma manhã num congresso, fui até à Foz ver o meu mais que provável novo escritório!
Sala de Reuniões com vista para o Rio Douro, apoio administrativo, morada privilegiada, localização excelente ...
Já enviei há pouco a minha candidatura, mas estou convicto que vou ser aceite.
Foi uma semana em cheio!
Quanto à reabilitação, esta vai mesmo demorar o seu tempo, pois notei que ainda não percebo quando as pessoas murmuram ao ouvido.
Estive num almoço numa mesa redonda com cerca de 10 pessoas e só conseguia falar com o vizinho do lado e tinha que me virar para ele para o perceber, pois havia barulho à volta.
Perfeitamente normal, espero.
Na 2ª feira irei saber mais na consulta com a audiologista.
Escreverei no fim-de-semana se houver alguma novidade, caso contrário só terão notícias minhas na 2ª feira.
E foi mais um dia no caminho da minha reabilitação e do SUCESSO.
Bom fim-de-semana
Winner

quinta-feira, 17 de setembro de 2009

Grande dia!

Boas!
Estou em pulgas! Tive um dia "cash register", sempre a facturar!
Tive um cliente meu no escritório e estava a emitir um seguro e o cliente falava para mim estando eu de lado e sem olhar para ele, percebia quase tudo. Espectáculo!
Estou no bom caminho!
E falar ao telemóvel - da água para o vinho. Maravilha! Muito melhor sem ruídos!
Grande notícia! Deverei abrir um escritório virtual no Porto, Vou saber amanhã como funciona em pormenor, mas a ideia é excelente. Conto-vos tudo quando e se concretizar.
Estou excitado!
Ando optimista, sinto que estou a atrair as coisas boas e o Universo está a ser meu amigo. As oportunidades aparecem!
E mais um dia passou a caminho da reabilitação e do SUCESSO
Até amanhã
Winner

quarta-feira, 16 de setembro de 2009

Batalha das telecomunicações

Boas!
Enviei um mail ontem à audiologista a propósito das interferências dos telemoveis com o aparelho do ouvido esquerdo.
Ela disse-me para lá passar.
Após os testes que foram feitos, comecei a ouvir com nitidez e não havia interferências! Maravilha!
Espero que seja desta vez que não tenha que me preocupar mais com isso.
Ainda por cima o dia de hoje foi horrível. Doía-me a cabeça por todos lados e revelei uma sensibilidade auditiva elevada. Os proprios aparelhos causavam esse desconforto.
Tudo isto faz parte da reabilitação que vai passar por várias fases. Ainda só estou no início. Neste momento tenho uma sensação de ter o ouvido esquerdo meio tapado e o direito normal. Esta situação, segundo a minha audiologista é normal e ela disse-me que tenho o som equilibrado! Engraçado isto.
Uma coisa é certa - ganhei a batalha das telecomunicações.
Lembram-se de ter falado na possibilidade de abrir escritório? Tenho 48 horas para tomar uma decisão. Uma decisão muito difícil e a oportunidade é boa. Mas falta-me o Fundo de Maneio.
Moro sozinho, tenho custos com a casa, telecomunicações, carro, aparelhos auditivos, gasolina, luz, água, gás, etc. Torna-se complicado. Segundo o livro "Porque é que aquele idiota é rico e eu não?" se avançar com o escritório, vou ter uma dívida - a renda. Será uma dívida má, neste momento. Mas a partir do momento em que consigo ganhar o suficiente para pagar-me a mim próprio e a renda, esta torna-se numa dívida boa. Este é o meu dilema e o factor tempo está a estragar tudo.
Como não tenho mulher, vou ter que encontrar forma de financiar a minha renda. Caso não consiga, terá que ficar para outra vez!
Fui reflectir um pouco ao dar uma volta a pé ouvindo o meu MP3 com os auscultadores novos que comprei. Soube-me bem!
Parei no Senhor da Pedra em Francelos e sentei-me a ouvir os sons da água a correr na fonte. Pacífico, sossegado, pensativo e ver se chegava a alguma decisão. Apenas limitei-me a viver o momento.
Sexta-Feira decido.
E uma coisa fantástica se revelou hoje - o facto de ouvir mastigar é normal. Falei há dias que parecia anormal ouvir a minha mastigação pelo chamado eco interior. Mas não, segundo a audiologista é normal. Não acho é piada nenhuma. Dá a sensação que os ouvidos tapam-se e não ouço as conversas. Mas mais uma vez, vai ser uma questão de tempo e habituação e não irei dar por ela.
E foi mais um dia (duro este) no caminho da reabilitação e do SUCESSO.
Até amanhã
Winner

terça-feira, 15 de setembro de 2009

Um jantar de amigos

Hoje tive um jantar com amigos e foi a primeira vez que estive num ambiente com música de fundo e com várias pessoas. Éramos 10. Consegui acompanhar uma boa parte das conversas que iam havendo. Havia várias ocasiões que não percebia o que diziam, mas isso é normal. O certo é que estou muito melhor do que antes e deu para rir e falar sobre o livro que andei a ler "Como é que aquele idiota é rico e eu não?".
Tive um dia excelente em termos de negócios, tendo atingido já o meu objectivo semanal! Hurrah!
Mas tenho que compensar as duas semanas anteriores que não foram boas, portanto ao trabalho!
Ah! Mudei as pilhas do aparelho durante o jantar. Mas não foi preciso dizer "Espera um pouco que tenho que mudar a pilha do aparelho e já falo contigo" LOL.
Tenho que resolver o problema de falar ao telemóvel e ao telefone! Cheguei ao ponto de tirar o aparelho para falar ao telefone com um cliente. Faz muita interferência.
Mas vai-se resolver!
E foi mais um dia no caminho da reabilitação e do SUCESSO
Até amanhã
Winner

segunda-feira, 14 de setembro de 2009

Relação entre aparelho auditivo e telemóvel

Pois é!
Decididamente, juntar um telemóvel e um aparelho auditivo é como juntar cão e gato. O meu aparelho esquerdo começa aos "gritos" quando encosto o telemóvel ao ouvido. É uma chatice e isso obriga-me a mais esforço. Será passageiro?
Enviei um mail ao fim da tarde para a minha audiologista e aguardo uma possível solução. Já sei que não posso colar o telemóvel ao ouvido, mas o meu aparelho "chora" quando ele se aproxima.
Vão ser lindos os próximos dias :)
E o eco interno parece estar de volta ...
E mais um dia se passou na reabilitação a caminho do SUCESSO.
Até amanhã
Winner

domingo, 13 de setembro de 2009

Red Bull

Hoje fui ver a Red Bull Air Race com um amigo meu.
Afinal não foi preciso por as mãos nos ouvidos por causa do barulho dos aviões.
Passaram dois F-16, um Boeing (!) da SATA e um grupo de pilotos acrobatas aéreos. Além obviamente dos aviões da prova.
Um pormenor que o meu amigo notou: um dos helicópteros da prova estava muito acima de nós e eu ouvia o helicóptero, mas não estava a perceber de onde vinha o barulho do heli. O meu amigo apontou para cima de nós e lá estava ele. Ele disse-me algo do género: é dificil ouvir o helicóptero com esta gente toda aqui. Eu disse-lhe que conseguia ouvir o helicóptero.

De facto uma vitória saborosa.
Quando fomos embora, subimos a avenida em Gaia em direcção ao meu carro e íamos conversando. Antes, tiram que me virar para ele e esforçar-me mais para o ouvir. Desta vez, quase nem olhei para ele. Foi bom ouvir a voz dele de uma forma clara.

E foi mais um dia no caminho da reabilitação e do SUCESSO
Até amanhã
Winner

sábado, 12 de setembro de 2009

Umas experiências excelentes!

Boas!


Hoje fui de manhã à minha audiologista devido ao problema do eco interior e chegou-se à conclusão que teria que passar já para o estágio superior da minha reabilitação.
A reabilitação funciona por fases. A primeira já está, já estou na segunda e listo abaixo as experiências vividas:
- Deixei de ouvir eco interno
- Reuni-me com um cliente numa pastelaria e consegui perceber quase tudo o que ele dizia e vou ajudá-lo e aos condóminos do prédio dele a encontrar alguém para instalar sistemas de energias renováveis. E acredito que vou fazer negócio com ele no meu ramo de actividade.
- Consegui ouvir de onde vinham os sons e foi maravilhoso quando estive em casa dos meus Pais nos arredores de Gaia e ouvi um dos aviões da RedBull e virei-me para o lado de onde vinha o som mas não vi o avião de imediato, porque um prédio tapava a vista. Ele acabou por aparecer instantes depois e fiquei a olhar para ele e a ouvir bem o roncar do motor. Foi maravilhoso!
- Mais espectacular foi quando estive no Continente de Gaia e ouvi um dos aviões da RedBull. Pelo barulho só podia ser! Vejam só onde estava! No Continente a fazer compras e com o barulho que lá há ...

- O mais irritante é o telemóvel. Faz barulho e interferências. Tenho que arranjar a posição correcta para o telemóvel.

Fui ao Media Markt e comprei uns auscultadores para usar fora do ouvido para ouvir o meu MP3, pois os que tinha, tinha que os colocar dentro do ouvido. Experimentei, mas não fiquei fã. Não ouço aquele barulho tipo subwoofer (chama-se baixos, certo ? - pum pum pum). Tenho que ver isso.

E a minha impressora faz uma chiadeira a digitalizar eheheh. Será que ficou assim de repente ou era mesmo surdo :)?

E mais um excelente dia passou no caminho da reabilitação auditiva e do SUCESSO.

Até amanhã

Winner


sexta-feira, 11 de setembro de 2009

O eco interno

Hoje foi um dia promissor. Alguns negócios em perspectiva para a semana seguinte!
No outro dia falei naquela sensação de se ouvir a passada interiormente quando se anda a pé ou quando sentes que tens os aparelhos nos ouvidos. Já descobri o problema - é o chamado eco interno. É muito desagradável e é uma situação que vai ser corrigida amanhã quando tiver com a minha audiologista.
Hoej ao almoço, enquanto mastigava nem ouvia quase mais nada!!!
Gostava de voltar a ter aquela sensação que tive anteontem ao fim do dia especialmente no ouvido esquerdo depois de ter limpo o protector de saída de som: os sons passarem de uma forma fluída e nem ter a sensação de ter aparelho.
Amanhã tenho que falar com a Audiologista e resolver isto de uma vez por todas. Hoje foi um dia em que me apeteceu tirar os aparelhos...
Tudo isto faz parte do caminho da reabilitação. Há ajustes a fazer e temos de andar em frente.
A seguir vou a uma reunião com um cliente num café. Vamos ver se o eco não faz das suas.
E mais um dia passou a caminho do SUCESSO.
Até amanhã
Winner

quinta-feira, 10 de setembro de 2009

Mais um procedimento diário

Olá!

Hoje o dia foi uma seca. Não houve nada de encher o olho, mas há e haverá dias assim. Em relação aos aparelhos, tenho que pelo menos duas vezes ao dia tirá-los e dar-lhes uma escovadela no protector de saída de som, pois tenho aquela sensação de ouvido meio tapado e hoje notei mais no direito. Isso terá a haver com a reabilitação? Garanto que se amanhã e no fim-de-semana tiver o mesmo "feeling", terei que ir à audiologista. Se ela estiver a ler isto, que me mande um mail.

Mais, já coloquei no meu carro um conjunto de pilhas, não vá o diabo tecê-las.

É que quando usava um aparelho, já tive que dizer ao meu interlocutor: "Perdão, a pilha do meu aparelho acabou. Deixe-me mudar isto."

E é fim-de-semana RedBull. Deverei ir ver com um casal amigo e será que devo levar os aparelhos eheheh? Com o barulho que os aviões fazem, até deverá parecer que estou no meio de uma batalha aérea. A minha audiologista já me avisou que vou ter que tapar os ouvidos. Quero ver ... ou melhor, ouvir ... e vou levar pilhas comigo, não vão elas acabar logo nos dois ouvidos e viro-me então para o meu amigo: "Olha lá, já não ouço os aviões. Accionaram os motores silenciosos?"

E mais um dia da minha reabilitação passou a caminho do meu SUCESSO.


Até amanhã

Winner

quarta-feira, 9 de setembro de 2009

Usando os aparelhos

Caros
Hoje foi um dia em que se concretizou o negócio com a empresa de renome! Maravilha! Uma porta de entrada!
Quanto à abertura de novo escritório, vai ter que ser muito bem estudado e só falarei nisto quando o abrir.
Hoje descobri como posso sentir se os aparelhos funcionam mesmo bem. Se os sentir que tenho nas orelhas, algo não está bem. Estranho, não é?
Passo a explicar: durante o dia sentia que quando andava, sentia a vibração da minha passada no interior do meu corpo. Isso é mau sinal. É sinal que os aparelhos não estão a funcionar como deviam. Significa isto que os sons não chegam como deviam ao cérebro, havendo uma certa sensação de ressonância. Ouves, mas não como devias. Tens que sentir os sons e as falas das pessoas de uma forma natural e fluída. Sobretudo, sentir a sensação de que não tens nada nos ouvidos, não teres a sensação que estão meio tapados. Isso significa que o microfone está a funcionar perfeitamente e o protector de saída do som não tem cera e tens a pilha carregada.
E descobri que, se houver o mínimo de cera, a fritada está feita.
Se tiveres essa sensação, tira-se os aparelhos e com uma escova limpa-se o protector de saída do som e verifica-se se o protector não tem cera. Tem que se verificar todos os ângulos.
Ao pôr e se sentires que ouves tudo, teres as sensação que os ouvidos estão "abertos" isso é excelente!
Notei a diferença na reunião que tive com o cliente com quem fechei negócio e um evento de networking que tive ao fim do dia. Uma diferença enorme!
Percebia muita coisa e quando falava com alguém directamente, quase nunca tive que pedir para repetir. Fantástico!
Mas quando estive numa roda de contactos, ou seja várias pessoas em círculos, cerca de sete, já foi mais difícil e ainda por cima em inglês, que percebo e falo. Mas consegui apanhar a ideia geral do assunto que estavam a falar e intervi uma ou duas vezes.
É sinal de progresso e sinal de que ainda há um longo caminho a percorrer para o SUCESSO.
Até amanhã
Winner

terça-feira, 8 de setembro de 2009

O meu primeiro dia

Cá estou de novo!
Ontem, por sugestão da minha audiologista, ao deitar e para tirar um pouco de cera que tinha no meu ouvido esquerdo, coloquei umas gotas para amolecer e tirar a cera para tirar partido dos meus aparelhos.
Pior a emenda que o soneto!
Tive o dia todo em formação e meu telemóvel tocou várias vezes. Seria um teste excelente!
Comecei a ter falhas no meu aparelho esquerdo, pois por vezes ficava mudo. Então ao telemóvel, foi demais...
Nos intervalos da formação, retribuia as chamadas e ainda percebia pior do que antes. Um dos meus clientes até teve que levantar a voz para eu perceber, mas como eu já tenho traquejo nisto face à minha grande experiência :) consegui perceber o que ele queria e tratei do assunto ao final da tarde, tendo-lhe ligado a explicar a situação. Ele aproveitou e disse-me para ir lá tomar um café no Domingo. Vai ser um prazer revê-lo, pois já não o vejo há 3 meses.
Mais dois telefonemas correram assim e num deles até recebi uma grande notícia! Vou entrar numa grande empresa de reconhecido prestígio nacional. Fiquei de contactar o cliente amanhã para acertar pormenores! Estou entusiasmado! Há dois anos, quando usava um só aparelho, este ficou sem pilha à entrada de uma reunião com este mesmo cliente e não consegui criar a impressão que queria, mas com esforço e dedicação e sobretudo o ter criado um clima de confiança ao longo do tempo, estou à beira de lá entrar!

A minha experiência à mesa com os meus colegas franchisados não correu muito bem devido ao problema do meu aparelho esquerdo.
Na formação procurei estar o mais atento possível e consegui apanhar muita coisa. O que é excelente!
Mas queria que a formação terminasse para ir à minha audiologista para perceber o que se passou. Queria resolver o problema!
Ao final do dia lá fui e finalmente percebeu-se o que se passava - as gotas que coloquei criaram cera que bloqueou a saída de som. É este o meu maior temor! Quando isto acontece e acontecia, quando tive um, era cá uma cena! Mais parecia um "surdo e mal acabado" como dizia uma antiga colega minha quando trabalhei num laboratório em análises clínicas.
Fizemos testes com telemóveis e a bateria do meu, mais uma vez, escolheu uma altura perfeita para acabar. Mas deu para testar! Mais, tive que aprender uma nova posição para o telemóvel.
Foi pena ter perdido uma oportunidade de vivenciar em pleno uma formação e um almoço de grupo. Como o meu tio me ensinou "há mais marés que marinheiros"
Mas vejamos o lado bom das coisas:

- Se acontecer outra vez, já sei o que é e resolvo de imediato
- Foi prevenido pela audiologista que não vou perceber no imediato todas as conversas à mesa pois o meu cérebro está a aprender a captar a mensagem. Se leste o que escrevi no dia anterior, percebes o que estou a falar. Fiquei contente! Todos os dias vai haver progresso! E acabei de ver um episódio da minha série de TV da minha vida - "Dallas" - houve alturas em que não olhava para a televisão, porque estava a jantar, e percebia muito do inglês falado. COOL!

O caminho da reabilitação é um pouco longo e requer paciência para ultrapassar todas as dificuldades que irei encontrar daqui em diante.
Como diz a minha audiologista, é como partir uma perna: Tu sais do Hospital com gesso e não ficas logo a andar. Tens que dar tempo ao tempo.

Amanhã, vai ser um grande dia no caminho do meu sucesso: vou ter uma reunião de manhã para se estudar a minha adesão a um Business Center e partilhar um escritório com franchisados doutras marcas do Grupo a que pertenço!
Deixar de ter o meu escritório em casa e ter um num Business Center dá outra imagem!
Sinto que devo aproveitar a oportunidade! Parece que as coisas boas vêm ter comigo! Costumo dar ouvidos aos meus instintos.

E mais, o negócio com a empresa que vos falei antes! Mal saia da reunião, vou ligar-lhes!
Vou vestir o meu melhor fato! Vou fazer negócio!

E foi mais um dia de um reabilitado auditivo que passou, a caminho do SUCESSO.

Atá amanhã
Winner

segunda-feira, 7 de setembro de 2009

Um novo começo

Tenho 37 anos e comecei uma nova etapa na minha vida às 18 horas de 07-09-2009. Coloquei 2 aparelhos auditivos. A diferença foi avassaladora. Vou-vos contar o meu dia:

Após os ter colocado, na sala da audiologista, o som tornou-se muito mais amplificado. Comecei a ouvir o mexer nas folhas de papel com maior nitidez, as mãos da audiologista a bater nas teclas do computador. Acreditem ou não, foi maravilhoso.
Ainda o foi mais quando falei com a audiologista sem olhar para ela e percebia tudo o que ela dizia!
Fomos até lá fora: Metro a passar na Avenida, carros, pessoas e ela a falar comigo e eu a perceber quase tudo o que ela dizia e sem olhar para ela! Que sensação maravilhosa!

Percebi qual o meu problema e vou partilhar: existem três niveis no ouvido - ouvido externo, intermédio e interno sendo que este tem ligação ao nervo auditivo do cérebro. Sempre julguei que o problema estaria no nervo auditivo, mas não. Estava nos ouvidos internos que ficaram danificados quando eu era bébé.
Na prática, várias células dessa parte do ouvido ficaram danificadas pelo que se tornaria muito difícil o cérebro reter informação e interpretar o que as pessoas diziam. Gastava muitas energias a perceber o que a pessoa dizia.
Estes aparelhos "susbstituem" as células.

Vivi assim durante estes anos. Tive e tenho um bom otorrino, tive uma audiologista e mudei agora, porque a comunicação e forma de expor desta audiologista que tenho foi muito clara e fiquei finalmente a perceber o meu verdadeiro problema.
Actuei de imediato! Não podia continuar a viver da forma como estava.
Partilhei estes momentos com um amigo meu onde fui jantar e fomos andar a pé, tendo conseguido perceber quase tudo o que ele me dizia. Que maravilhoso é deixar de poder dizer constantemente: "Não percebi, repete".

Posso dizer-vos que tenho orgulho em mim mesmo, dou graças a Deus e valorizo aquilo que tenho, já que, com estas dificuldades consegui, entre outras coisas:

- Uma Licenciatura
- Um franchising na área financeira estando em 6º lugar entre 45 franchisados e com escritório doméstico, ou seja sem loja aberta ao público.

Esta semana promete muito! Vou ouvir novos sons, vou ouvir melhor os meus clientes, os meus amigos e poderei mesmo vir a ter uma excelente oportunidade de ter o meu escritório.

Caros, vou passar por uma fase de reabilitação auditiva que vai demorar 2 meses. Vou contar-vos os meus progressos dia apos dia e vou contando histórias do meu passado.

Meu nome é Winner, porque se cheguei onde cheguei com as condições em que vivia, imaginem agora as possibilidades que se abrem no meu horizonte.

That's a new life, folks!
And I'm gonna win

Até amanhã
Winner